Instituição

Instituição (52)

JURUÁ

Casa de Missão e Paróquia Nossa Senhora de Fátima

 

MANAUS

Casa Filial e Paróquia Nossa Senhora das Mercês / Área Missionária São Maximiliano Kolbe

 

TEFÉ

Casa de Missão e Paróquia Santo Antônio de Pádua

JOÃO PESSOA

Convento e Paróquia Nossa Senhora Aparecida

CANDEIAS

Convento - Santuário Mariano Nossa Senhora das Candeias

 

FEIRA DE SANTANA

Convento São José de Copertino e Paróquia Nossa Senhora de Fátima

 

 

Caro Vocacionado, para compreender melhor a espiritualidade franciscana, primeiramente devemos percorrer alguns dados históricos da vida de São Francisco de Assis. História não no sentido de fatos e datas, mas como, um percurso de amadurecimento humano e espiritual.

 

1181/82: Francisco nasce provavelmente em setembro de 1181 ou inicio de 1182, em Assis. Filho do famoso comerciante Pedro Bernadone e Dona Joana e irmão de Ângelo. Fora batizado com o nome de João. Todavia, quando Bernadone regressou de uma viagem de negócios, da França, mudou-lhe o nome para Francisco. O nome Francisco é uma manifestação da apreciação que Pedro Bernadone tinha pela França. Uma vez que a referida cidade era onde ele comprava tecidos para sua loja, para a manutenção da casa e da família. Francisco viveu sua infância normalmente como uma criança que pertencia a um estrato social socialmente reconhecido. Isto é, gozou daquilo que lhe era próprio como criança. Destaca-se nele, a inteligência e perspicácia. Dito de outra forma, sua nobreza de alma. 

1202 (novembro): Guerra entre Perusa e Assis. Assis vencida em Collestrada. Francisco torna-se prisioneiro. Ele passa um ano preso em Perusa. 

1203: Cessado o conflito e reiterada a paz entre Assis e Perusa, Francisco regressa a Assis.  

1204: Longa doença e convalescença de Francisco. Inicia-se um processo de mudança, isto é, ele começa a desprezar as coisas que antes admirava. 

1205 (primavera): Francisco corresponde à convocação do Papa e se incorpora nos exércitos do conde Gentil dela Pagliara e parte para guerra em Apúlia com o objetivo de defender sua pátria. Em Espoleto é surpreendido por uma visão misteriosa que o ordena a voltar para Assis. Por consequências, seus projetos começam a tomar outros caminhos.

• Em agosto do referido ano, Francisco torna-se mais sensível à graça. Torna-se um jovem mais dedicado  a oração e a reflexão. Nessa busca e confronto ocorre seu encontro com o leproso, o qual é acolhido por ele com um beijo. No concurso dessa busca de decifrar a voz misteriosa, Francisco faz uma romaria até Roma e lá se faz pobre com os pobres. Ou seja, faz a experiência de um mendigo. 

 • Alocução do Crucificado: “Francisco, não vês que minha Igreja está se destruindo? Vai, pois, e restaura-a para mim.” Trêmulo" disse: “De boa vontade o farei, Senhor”. Impelido pela voz do Crucificado, Francisco vai a Foligno vender tecidos. Na volta, oferece o dinheiro da venda ao padre da Igreja de São Damião (que estava em ruína) para sua reconstrução.

 • O novo modo de vida acolhido por Francisco decepciona seu pai, tal revolta, leva Pedro Bernadone persegui-lo.

1206: Perante o Bispo Guido II, Francisco renúncia à herança paterna. Dito de outra forma, ele se despoja da sua roupa e é acolhido pelo Bispo. Suas veste a partir de então é um manto rústico. Veste-se  com hábito de eremita e começa a reparar a igreja de São Damião, também, as igrejas de São Pedro e a Porciúncula (até fevereiro de 1208).

1208: (24 de fevereiro): ouve o Evangelho da festa de São Matias, sobre a vocação e missão apostólica. Nessa literatura evangélica, descobre sua vocação à pobreza. Diz Francisco: “É isso que eu quero, isso que procuro, é isso que eu desejo fazer com todas as fibras do coração”. Muda as vestes de eremita e passa a usar as de pregador ambulante (uma túnica cingida por uma corda). Início da pregação ao modo apostólico. Aqui propriamente começa o estilo de vida franciscana, a via itinerante.

16 de abril: Recebe em sua companhia os primeiros irmãos (frades): Bernardo de Quintavalle e Pedro Cattani. No dia 23, recebe o irmão Egídio na Porciúncula. 

• Nos fins do referido ano, o grupo está composto oito membros. 

• Francisco escreve a formula vitae, uma pequena regra. Vai a Roma com seus onze companheiros pedir aprovação papal da referida regra. O Papa Inocêncio III aprova a formula vitae oralmente. 
 

1212: Março: na noite do domingo de Ramos, a nobre jovem Clara di Favarone foge de casa e é recebida na Porciúncula. Francisco e seus companheiros dá-lhe o hábito da pobreza e da penitência. Clara é levada por Francisco e seus companheiros ao mosteiro de São Paulo em Bastia, onde fica alguns dias. Depois é conduzida ao mosteiro de Santo Ângelo Panzo, permanece aí algumas semanas e por fim recolhe-se  em São Damião, onde fica até a sua morte, em 1253. Dar-se início a Segunda Ordem, das Damas Pobres, atualmente as Clarissas. 

1213: O Conde Orlando de Chiusi dá o monte Alverne a Francisco, para que ali construa seu eremitério.

1224 Em 14 de setembro recebe os estigmas no corpo. Outubro/Novembro, ele regressa à Prociúncula. No fim do ano, Francisco faz uma viagem para pregar na úmbria e em Marcas. O Pobre de Assis está profundamente abatido por varias doenças (grave oftalmia)

1225 (Março): Visita Clara em São Damião, onde fica por um determinado tempo porque a doença dos olhos havia piorado. Submete-se a um tratamento oftalmológico, mas 

sem resultado.  Na agonia da dor, ele recebe de Deus a certeza de sua salvação e compõe o Cântico das Criaturas. Aconselhado pelo Cardeal Hugulino, ele deixa  São Damião e é acolhido no paço episcopal em Rieti. Daí se dirige para Fonte Colombo para se submeter a um tratamento: cauterização das têmperas. Sem obter resultado, tem que ir para cidade de São Fabiano para se submeter a outro tratamento.

1226: Vai a Sena para novo tratamento. As doenças se agravam. Ele chega ao eremitério de Cortona onde redige o Testamento de Sena. Regressa à Porciúncula. Em julho/agosto, no
 verão da Itália fica-se um pouco em Bagnara. Seu quadro clínico piora, em virtude disso, ele tem que voltar a Assis. No regresso, fica algum tempo hospedado no palácio do Bispo de Assis. Mas prevendo sua páscoa, insiste em ser levado para a Porcíúncula.

• Sábado, 3 de outubro: após o pôr do sol, tendo abençoado os seus filhos, Francisco morre aos 44 anos. É sepultado no dia seguinte na Igreja de São Jorge, dentro dos muros de Assis. 

1228: 16 de julho: Francisco é canonizado, em Assis, pelo Papa Gregório IX.

1230: Seu corpo foi translado para a Basílica construída em sua homenagem, onde se encontra até os dias atuais.

 

CENTRO FRANCISCANO DE EVANGELIZAÇÃO E CULTURA

 

Os Franciscanos Conventuais de Brasília mantêm uma Casa de Retiros chamada Centro Franciscano de Evangelização e Cultura (CFEC) para hospedagem e locação, um local ideal para grupos que necessitam de tranquilidade para aprender, refletir, trocar idéias, fazer projetos ou simplesmente descansar.

Apresentamos para você um novo espaço em Brasília, todo dedicado à formação corporativa, retiros religiosos, confraternização e eventos de entidade religiosa ou civil. 

Localizado na Asa Norte em Brasília, o CFEC possibilita uma mobilidade de vir e ir. Próximo a dois hiper-mercados (Extra e Carrefour) e bem localizado na zona universitária de Brasília (UnB, Uniceub e Católica, Unieuro, etc).

Dentro do complexo do Santuário São Francisco de Assis na Asa Norte, em Brasília, você poderá encontrar esse ambiente de repouso e oração, de eventos e formação.

 

ESTRUTURA

 

   AUDITÓRIO  

O CEFC possui um auditório acústico para 130 pessoas, acomodadas confortavelmente com cadeiras acolchoadas e com pranchetas embutidas, equipado com sinal de internet e sistema de som interno, bem como uma tecnologia audiovisual que pode ser locado separadamente.

 

 

 
   ACOMODAÇÕES

Para a hospedagem dispomos de apartamentos com capacidade até 76 pessoas. Todos com banheiros internos e quatro leitos no padrão box. Em todos os quartos uma mesa escrivaninha e cadeira, outros guarda-roupa com cabides.

 

 

 

   REFEITÓRIO

Nosso refeitório tem capacidade para até 80 pessoas. Servindo três refeições e lanches. Na cozinha uma equipe estará a serviço do cardápio contratado. Os horários desse serviço estarão descritos no contrato.

 

 

 

 

   SALA DE CONFERÊNCIA E REUNIÕES

Dispomos de uma sala de conferências com capacidade de até 80 pessoas acomodadas confortavelmente com cadeiras acolchoadas modelo universitária, quadro branco e pincéis, Flip-chart, mesa de conferência e cadeira, acesso a internet wireless, bem como uma tecnologia audiovisual (locado separadamente). As salas de reunião são para pequenos grupos de diretoria e outros. Todas as salas tem ar condicionado Split.

 

 

   CAPELA

Dispomos para os grupos da Igreja Católica de uma capela dedicada a São Boaventura com 50 lugares. Os vasos litúrgicos e livros para a celebração da Santa Missa devem ser providenciados por cada grupo. 

 

 

 

 

   ÁREA EXTERNA

Dispomos de uma área verde ampla com um quiosque. Corredores com vista panorâmica para o jardim e área de recreio com TV e sofás.

 

 

 

 

 

 

RESERVAS

Confira abaixo, os dados de contato para fazer as reservas no CFEC: 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

www.casaderetiro.org.br

DISTRITO FEDERAL

 

BRASÍLIA

  • Convento de São Boaventura de Brasília (915 Norte)

 

  • Casa de Formação de Pós-noviciado São Francisco de Assis (915 Norte)

 

  • Convento São Francisco de Assis (915 Norte)

 

CEILÂNDIA

  • Convento São Marcos e São Lucas (P Norte)

 

  • Casa Filial Santa Clara de Assis (Sol Nascente)

 

SANTA MARIA

  • Convento Santa Maria dos Anjos

 

 

  •  Casa de Formação de Pré-Noviciado Santa Maria dos Anjos (Filosofia)

 

 

 

GOIÁS

 

ÁGUAS LINDAS

  • Convento São Maximiliano Kolbe

 

  • Centro de Acolhimento Vocacional (Antigo Noviciado)

 

 

ANÁPOLIS

  • Casa Filial Santa Clara de Assis

 

 

CIDADE OCIDENTAL

  • Convento Imaculada Conceição de Maria e Casa de Formação Aspirantado São Maximiliano Maria Kolbe

 

 

  • Convento Santo Antônio de Pádua

 

 

 NIQUELÂNDIA

  • Convento São José

 

 

 

NOVO GAMA

  • Convento São Pedro Apóstolo 

 

 

 VALPARAÍSO

  • Convento Santo Antônio de Pádua

 

 

 

PARANÁ

 

CASCAVEL

Convento e Noviciado Interprovincial Santo Antônio de Pádua

 

 

 

 

BAHIA

 

CANDEIAS

  • Convento Nossa Senhora das Candeias

 

 

FEIRA DE SANTANA

  • Convento São José de Copertino

 

 

 

PARAÍBA

 

JOÃO PESSOA

  • Convento Nossa Senhora Aparecida

 

 

 AMAZONAS

 

JURUÁ

  • Casa de Missão Nossa Senhora de Fátima

 

MANAUS 

  • Casa de Missão Nossa Senhora das Mercês

 

 

TEFÉ

  • Casa de Missão Santo Antônio 

 

 

Identidade 

O Instituto São Boaventura é a casa de estudos pertencente à Província São Maximiliano Maria Kolbe, da Ordem dos Frades Menores Conventuais, com sede em Brasília – DF.

O Instituto começou seus trabalhos no dia 25 de fevereiro de 1995 com o nome de Instituto de Filosofia e Teologia São Boaventura (IFITESB). Com a benção do Cardeal D. José Freire Falcão, iniciou suas atividades na formação dos seminaristas e dos religiosos (as).

Em 1997, pelas abençoadas mãos do mesmo Cardeal Falcão, o Instituto São Boaventura recebeu a autorização de ensinar e expandir o ensino da Sagrada Teologia também para os leigos da arquidiocese de Brasília.

No ano de 1999, foram aprovados os estatutos e, então, o IFITESB passou a ser denominado Instituto São Boaventura (ISB). Atualmente, o Instituto publica a Revista Científica Itinerários com periodicidade anual. A Itinerários reúne artigos com temas específicos de franciscanismo, filosofia e teologia. Tal publicação tem-se mostrado uma experiência frutuosa, pelo que se deduz na sua aceitação, e pelo interesse que se faz sentir por parte da comunidade acadêmica.

Desde 21 de setembro de 1999, o Instituto está afiliado à Pontifícia Faculdade São Boaventura de Roma (Seraphicum) e mantém um curso de Bacharelado de Filosofia e Teologia no período matutino e noturno respectivamente.

Além dessas iniciativas, o Instituto empenha-se em comunicar aos estudantes a dimensão reflexiva da realidade franciscana dos vários segmentos que integram a grande família do Poverello de Assis, tentando antes de tudo reativar o espírito de unidade e partilha e de cosmovisão franciscana, na busca de construir uma força de integração para as terras do Brasil.

Enfim, o Instituto São Boaventura ainda está em fase de crescimento através desses projetos, buscando uma profunda interação cultural, espiritual e acadêmica.

Valores

Somos uma família a serviço da formação presbiteral e laical.

O Instituto São Boaventura mantém dois cursos de graduação: Bacharelado em Filosofia, e Bacharelado em Teologia. Vários cursos de extensão para a formação laical com a missão de educar e evangelizar e uma escola de línguas antigas e modernas.

As diferentes modalidades de curso são regulamentadas pelos Estatutos do ISB e pelo Regimento Interno do Instituto.

Os cursos de Filosofia e Teologia têm certificação e diplomação eclesiástica e destinam-se à formação dos Seminaristas em via do Presbiterato, dos religiosos (as) e dos leigos para a formação de agentes de pastoral.

Os cursos de extensão destinam-se à divulgação e atualização de conhecimentos visando a elevação e aprimoramento cultural da comunidade, consoante com a teologia católica e com os objetivos da instituição. 

Missão

Nossa missão é educar e formar a comunidade católica, fato este que a Congregação para Educação Católica aprovou o Curso de Bacharelado em Teologia do Instituto no Brasil afiliando o ISB à Pontifícia Faculdade São Boaventura em Roma.

Nossa missão é também oferecer educação teológica/filosófica de qualidade, promover a formação integral da pessoa humana e sua capacitação para o exercício profissional voltados para a construção de uma nova sociedade, com base no exercício democrático da cidadania, na defesa da qualidade de vida e no desenvolvimento sustentável. 

Fazemos esforços para sermos a melhor opção em educação teológica e desejamos crescer com a demanda de homens e mulheres que almejam a formação humana e cristã. Por ser uma instituição franciscana e estar alinhada aos objetivos da Igreja, estamos aqui para educar e evangelizar. Para isso, oferecemos um ambiente de estudos moderno, agradável e cursos com alto padrão didático-pedagógico. Possuímos uma equipe de professores e funcionários bem preparados, facilitando a interação dos alunos e a organização dos seus estudos. 

 

ACESSE O PORTAL DO ISB:  

http://www.isb.org.br/

    CENTRO EDUCACIONAL SÃO JOSÉ

    Início dos trabalhos: 01.02.2010

 

    Endereço: Centro Educacional São José

    ARS 01 lote 1c – Mansões Por do Sol

    Águas Lindas/GO

    72910-000

    Tel./Fax: (61) 3613 9728

    Site: www.centroeducacionalsaojose.com.br/

 

 

 

    INSTITUTO SÃO BOAVENTURA – ISB

    Data de Fundação: 27/02/1995

    Permissão Diocesana: 11/02/1995 (Prot. C. 21/95)

    Permissão Diocesana para o Ensino da Teologia aos Leigos: 05/04/2000 (Prot. 40/2000)

    Permissão Diocesana para a Filiação Pontifícia: 27/04/1999 (Prot. 64/99),

    1ª Renovação 25/06/2009 (Prot. 11/2009)

    Afiliação Pontifícia “Seraphicum”: 21/09/1999 (Congr. de instituitione catholica n. 1116/99),

    1ª renovação 22.07.2010.

 Endereço: Instituto São Boaventura (ISB)

SGAN 915, Módulos C

Brasília/DF (Brasil)

70740-971

Tel/Fax: (61) 3349 0230 / (61) 3027 5900

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Site: www.isb.org.br

 

 

 

COLÉGIO SANTO ANTÔNIO

Início dos trabalhos: 21/01/2001

 

Endereço: Colégio Santo Antônio

SQ. 13 Q. 05 - Área Especial

Anuário da Província de São Maximiliano Kolbe do Brasil – OFMConv. 25

Cidade Ocidental/GO

72880-000

Tel./Fax: (61) 3605-2645

 

 

© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br