Artigos

Na lida pastoral, em torno do Sacramento da Confissão, o dia a dia dos confessionários revela ser bastante presente, em grande número de católicos, significativo escrúpulo em torno dos pecados relativos à sexualidade. Diversos são os que acorrem com frequência, às vezes semanal, ou a cada dois ou três dias, para relatar deslizes quanto ao 6º mandamento que realmente lhes tiram a paz. Propor-lhes um olhar mais amplo sobre a própria vida e apresentar-lhes a benevolência e a compreensão da Infinita Misericórdia de Deus nem sempre é tarefa das mais fáceis. Trazem dentro de si um rigor que lhes aprisiona…
A palavra LEIGO foi criada pela concepção eclesiástica para diferenciar de CLÉRIGO. No mundo medieval, clericus era aquele que tinha o privilégio de ser letrado e ter algum acesso ao conhecimento. O leigo era o que ficava fora do conhecimento dado aos nobres, monges e sacerdotes. A força do Franciscanismo surge resgatando a compreensão de leigo integrando-o no acesso ao saber e à pregação, sobretudo no encontro com o Evangelho. Para o franciscanismo, o que é evangelizar? Evangelizar é tornar nova a humanidade e ao beber na força do espírito comum inspirada pelo Evangelho. O franciscanismo usou e usa mais…
Nunca achar que somos os primeiros que leram a Santa Escritura. Muitos, muitíssimos, através dos séculos, a leram, meditaram, viveram e transmitiram. Os melhores intérpretes da Bíblia são os santos. A Escritura é o livro da comunidade eclesial. Nossa leitura, ainda que seja em solidão, jamais poderá ser solitária. Para lê-la com proveito, é preciso inserir-se na grande corrente eclesial que é conduzida e guiada pelo Espírito Santo. A Bíblia é “Alguém”. Por isso, é lida e celebrada ao mesmo tempo. A melhor leitura da Bíblia é a que se faz na Liturgia. O centro da Sagrada Escritura é Cristo;…
Talvez a mais clara e firme intervenção de Francisco sobre os estudos tenha acontecido por ocasião de uma assembleia de cerca de 5 mil frades em Assis (11.6.1223). Entre os frades, muitos deles notáveis por seu saber e grau de instrução, encontrava-se também o cardeal Hugolino, cardeal-referência ou protetor da Ordem e, pouco depois, Papa Gregório IX. Na ocasião, um grupo de frades, ao que tudo indica, composto pelos aludidos doutos e por ministros provinciais, dirigiu-se ao cardeal Hugolino, rogando que intercedesse junto a Francisco a fim de que este concordasse em introduzir na Regra de vida elementos das normas…
A Bíblia não foi escrita numa única língua, mas em três línguas diferentes. A maior parte do Antigo Testamento foi escrita em hebraico. Era a língua que se falava na Palestina antes do cativeiro. Depois do cativeiro, o povo de lá começou a falar o aramaico. Mas a Bíblia continuou a ser escrita, copiada e lida em hebraico. Para que o povo pudesse ter acesso à Bíblia, foram criadas escolinhas em toda a parte. Jesus deve ter frequentado a escolinha de Nazaré para aprender o hebraico. Só uma parte bem pequena do Antigo Testamento foi escrita em aramaico. Um único…

Últimas Notícias

Mais notícias

Artigos

Ver todos os artigos
© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br