Notícias

18 Outubro 2018

Um milhão de crianças rezam hoje, 18 de outubro, pela paz no mundo

Escrito por  OFMConv-Notícias
Um milhão de crianças rezam hoje, 18 de outubro, pela paz no mundo Crianças filipinas rezam o Terço da campanha "Um milhão de crianças rezam pela paz no mundo". Foto: Vatican News.

Cerca de um milhão de crianças rezam neste 18 de outubro, o mês do Rosário (e o Mês Missionário para a Igreja no Brasil, leia aqui), pela paz no mundo. Esta iniciativa é lançada pela “Ajuda à Igreja que sofre”, fundada pelo Padre Werenfried van Straaten, que tinha grande veneração por Nossa Senhora de Fátima que, em uma de suas aparições, pediu às crianças “Rezem o terço, todos os dias, pela paz no mundo”.

A iniciativa surgiu nesta mesma data no ano de 2005, em um Santuário mariano de Caracas, Venezuela. Na ocasião, enquanto várias crianças rezavam o Terço mariano, algumas mulheres presentes sentiram uma profunda presença de Nossa Senhora. Uma delas associou seu pensamento a uma promessa feita pelo Padre Pio, que disse “quando um milhão de crianças rezarem o terço, o mundo irá mudar.” Eis a força da oração infantil, que parte das palavras de Jesus, “se vocês não se converterem e não se tornarem como crianças, não entrarão no Reino dos Céus”.

O principal objetivo da iniciativa da Fundação pontifícia é mostrar que a oração confiante das crianças atinge, como uma flecha, o Coração de Deus e, por isso, tem um poder divino. Participam desta 13ª edição da iniciativa “Um milhão de crianças rezam o Terço pela Paz no mundo”, crianças de cerca de 80 países de todos os Continentes. Trata-se realmente de uma corrente de oração pela Paz e pela Igreja Católica!

Eis, pois, a eficácia da oração do Terço pelas crianças, sobretudo, pela Paz e a unidade das famílias no mundo inteiro. São João Paulo II escreveu, em sua Carta Apostólica sobre o Santo Rosário (16.10.2002), “o Rosário é, por natureza, uma oração orientada para a paz”, pois consiste na contemplação de “Cristo nossa Paz”. O Rosário é uma oração pela Paz também pelos frutos de amor que produz. Pelas suas características, de petição insistente e comunitária, e em sintonia com o convite de Cristo para “rezar sempre”, permite-nos alimentar nossa esperança pela paz no mundo.

 

Fonte: Vatican News.

Mais nesta categoria:

Artigos

Ver todos os artigos
© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br