Notícias

26 Outubro 2018

80 anos das Irmãs Pastorinhas: uma vocação que atravessou fronteiras

Escrito por  OFMConv-Notícias

Este ano de 2018 é, para as Irmãs de Jesus Bom Pastor – Pastorinhas, tempo forte de louvor e ação de graças a Deus Pastor Bom que, há 80 anos, as chamou e lhes confiou o Dom do Carisma Pastoral. Sim, foi em 7 de outubro de 1938 que o Pe. Alberione fundou a Congregação das Pastorinhas, em Roma – Itália, sendo essa a quarta das dez fundações dele, que formam a Família Paulina.

O foco principal do Carisma dessa grande Família é viver e anunciar Jesus, Mestre Pastor, Caminho, Verdade e Vida, através dos meios de comunicação, seja direta e seja indiretamente. Para as Irmãs Pastorinhas a missão é direta, no encontro pessoal de acolhida e respeito a cada pessoa.

Ainda nos inícios da fundação, Pe. Alberione, ao escrever as primeiras Constituições do novo Instituto, assim orienta as primeiras Irmãs: “Vós não imitais um aspecto da vida do Salvador, mas toda a sua vida, que é Caminho, Verdade e Vida. Sois as Irmãs que participam realmente da vida pública de Jesus, vossa missão é a mesma de Jesus Bom Pastor”. Noutra ocasião ele afirma: “para vocês basta olhar sempre Jesus Bom Pastor e viver como Ele (cf. Às Fontes, p. 24.68).

Assim, a Pastorinha tem como modelo inspirador, guia, motivo profundo de seu viver, a própria Pessoa de Jesus Bom Pastor, que veio para que TODOS tenham vida e a tenham em plenitude (Jo 10,10). E continua o Fundador: “As Pastorinhas são pessoas que, tendo penetrado a doutrina de Jesus, vivendo na intimidade com Jesus, dividem-se em pequenos grupos, estabelecem-se em uma paróquia, onde consideram as almas como próprias por adoção e colaboram no apostolado com o pároco no instruir e zelar; serão as irmãs, as mães, as mestras, as catequistas, as consoladoras de toda a dor, um raio de luz e de sol benéfico e contínuo na paróquia” (cf. Documento interno, n. 171).

O carisma pastoral é muito concreto, pois na intuição do fundador é a participação no ministério pastoral de Cristo Bom Pastor, o qual se realiza na escuta, na acolhida, na orientação, no acompanhamento das pessoas no seu caminho de fé, no seguimento de Jesus Cristo Bom Pastor. Em comunhão com os párocos, com os bispos da Igreja, elas atuam nas paróquias, nas dioceses, nas pastorais, nos movimentos sociais formando lideranças leigas e o povo de Deus, edificando pequenas comunidades cristãs.

Sempre em pequenos grupos, mas cultivando um espírito aberto, missionário, vivendo a maternidade pastoral, as Pastorinhas cruzaram fronteiras. A fundação era ainda uma “criança”, quando, em 1946, com apenas 8 anos, Pe. Alberione as envia ao Brasil, com a primeira comunidade em São Paulo. Dali se expandiram para o sul e outros Estados do Brasil. A partir de 1964, foram se difundindo pelos vários países da América Latina.

Hoje, as Pastorinhas estão nos cinco Continentes, com comunidades presentes em vinte países. No Brasil são duas Províncias, com sedes em São Paulo e no Rio Grande do Sul; elas marcam presença em 12 Estados, distribuídas em 30 pequenas comunidades de Religiosas dedicadas ao anúncio da Boa Nova de Jesus. Tudo para a glória de Deus e a santificação do Povo de Deus!

 

Texto: Irmãs Pastorinhas, Província Jesus Bom Pastor - Caxias do Sul (RS).

Fonte: CRBNacional.

Mais nesta categoria:

Artigos

Ver todos os artigos
© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br