Notícias

28 Janeiro 2020

40 anos da ereção canônica do Santuário São José: uma história com os franciscanos conventuais

Escrito por  OFMConv-Notícias

 

Nesta terça-feira, 28, celebramos os 40 anos da ereção canônica do Santuário São José, em Niquelândia. Foi nesta igreja centenária localizada ao norte do Estado de Goiás, que os missionários poloneses deram os primeiros passos no que seria a caminhada para formar a nossa atual Província São Maximiliano Kolbe do Brasil.

 

Antigos companheiros destes frades, o povo de Niquelândia já tem uma relação duradoura conosco: uma história de mais de 4 décadas. Os franciscanos conventuais já estão presentes na comunidade desde 1977. Em 19 de março daquele ano, quando ainda se tratava da Paróquia São José, o Frei Francisco Kramek (OFMConv.) assumiu como pároco.

 

De lá para cá, muitos foram os frades que assumiram o encargo de pároco do Santuário: 1985 – Frei José Blaszak; 1986 – Frei Czeslaw Kolpa; 1992 – Frei Estanislaw Mikolajczuk; 1993 – Frei Eusébio Wargulewski; 1995 – Frei José Stankiewicz; 1999 – Frei Amilton Gomes; 2003 – Frei Stanislaw Ocetek; 2008 – Frei José Nasareno; 2015 – Frei Gilberto de Jesus; 2019 Frei Herton Alcântara.

 

Comunidade Histórica

Niquelândia e a Igreja Matriz possuem grandes ligações cronológicas entre si. Em 1755 é criado o Povoado de São José do Tocantins e, em 20 de janeiro daquele mesmo ano, funda-se a Igreja São José. Nos arredores da matriz foram sendo criadas ruas e avenidas conforme as habitações eram construídas. Ainda hoje, as vias são nomeadas de acordo: Rua direita e o Contorno da Matriz.

 

 

Capina do largo de Santa Efigênia: uma tradição centenária. 

           

À medida que a população foi aumentando, as comunidades do Santuário também iam. Passando de um pequeno povoado, tornou-se município. A cidade efervesceu com o período da extração do minério de níquel descoberto no início do século passado. A igreja acompanhou o ritmo. Hoje, estão sob responsabilidade da Paróquia mais de 20 capelas nas áreas urbanas e rurais.

 

Mesmo assim, ainda nos dias de hoje os fiéis mantém tradições da época da Escravatura. Como é o caso da Capina do Largo da Igreja de Santa Efigênia (confira clicando aqui ou veja o vídeo ao fim do texto). Além desta, existem outras festividades populares mantidas pelos frades franciscanos conventuais, como a Festa do Divino e as suas congadas.

 

 

Celebração

 

Hoje, às 19h, será celebrada uma Santa Missa em ação de graças à ereção canônica do Santuário São José. A Eucaristia contará com a presença dos frades da comunidade, Frei Herton Alcântara (OFMConv.), Frei Regildo Piedade (OFMConv.), Frei José Maria Stankiewicz (OFMConv.), Frei Marcus Orlando (OFMConv.) e além destes, também participarão o Ministro Provincial e ex-pároco, Frei Gilberto de Jesus (OFMConv.) e o Frei Eusébio Wargulewski (OFMConv.), que tem uma história antiga com a comunidade.

 

 

 

Fontes: Diocese de Uruaçu e Niquelândia.

Mídia

Mais nesta categoria:

Artigos

Ver todos os artigos
© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br