Notícias

29 Julho 2019

Missão Amazônia: frades visitam comunidades ribeirinhas e realizam trabalhos pastorais

Escrito por  OFMConv-Notícias

O Estado do Amazonas possui uma vasta região segmentada por diversos rios. Embora tenha muitas cidades e grandes centros urbanos, como Manaus, as distâncias a serem percorridas entre os bairros, povoados e vilas ainda são grandes e, muitas vezes, o único meio de acesso são os rios. Esta é a realidade de muitos povos ribeirinhos que, pela difícil aproximação, podem ficar certos períodos de tempo sem receber um sacerdote.

 

Por este motivo, os missionários da Amazônia (clique aqui e saiba mais sobre a Missão Amazônia de nossa Província) se organizam regularmente para estarem sempre indo ao encontro destas pessoas que têm uma necessidade pastoral maior e urgente. Sendo assim, na última semana, os Freis Flávio Amorim (OFMConv.) e Paulo Arantes (OFMConv.), visitaram as comunidades de Vila Nova, Marizal, Zé Ponte e São Raimundo.

 

Eles percorreram ao todo cerca 196km em dois dias nos afluentes Breu e Breuzinho do grande rio Juruá. Os frades estiveram acompanhados dos jovens Afonso e Sabóia, da Pastoral da Juventude (PJ); e também de Lucas, da Juventude da Milícia da Imaculada (JMI) e lá, os missionários foram às casas dos moradores, conheceram a sua realidade e realizaram alguns trabalhos pastorais.

 

"Nós convivemos com o povo e vivemos um pouco de sua realidade", explicou o Frei Flávio Amorim (OFMConv.).

 

Neste período é feita uma pequena reunião com a comunidade. São batizadas as crianças mais novas que ainda não receberam o Santo Sacramento e, em seguida, celebra-se uma Santa Missa. “Nós convivemos com o povo e vivemos um pouco de sua realidade. Eles levam uma vida dura e privada de muitos confortos aos quais estamos acostumados já que muitos vivem somente da pesca e agricultura”, explicou Frei Flávio sobre a atividade.

 

Além do trabalho pastoral e missionário, a visita também tem como objetivo amadurecer a fé e o carisma franciscano daqueles que dela participam. “A experiência de estar com os ribeirinhos é sempre um momento forte e de retorno à simplicidade. Refletimos sobre as realidades e vivenciamos novamente o amor à nossa vocação”, afirmou Frei Flávio.

 

A missão também é um tempo forte de retorno à simplicidade e ao amor à vocação.

 

 

Veja também os últimos trabalhos da Missão Amazônia: clique aqui

 

Confira mais fotos na galeria abaixo!

Mais nesta categoria:

Artigos

Ver todos os artigos
© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br