Notícias

21 Outubro 2019

49 mil devotos celebraram Santa Dulce dos Pobres em Salvador

Escrito por  OFMConv-Notícias

Na tarde de domingo, 20, foi celebrada na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), a canonização da Irmã Dulce, agora Santa Dulce dos Pobres. Em solo brasileiro, esta foi a primeira Santa Missa em ação de graças ao Anjo Bom da Bahia e reuniu cerca de 49 mil devotos da santa, fazendo o estádio, que é rotineiramente palco de partidas de futebol e shows de música, tornar-se “uma grande catedral”.

 

Uma semana depois da freira se tornar a Santa Dulce dos Pobres, com a canonização no Vaticano (conforme havíamos noticiado aqui), os devotos da religiosa praticamente lotaram o estádio de futebol para o evento que culminou em uma Santa Missa, iniciada por volta das 17h e conduzida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, dom Murilo Krieger.

 

A tarde foi repleta de música católica e homenagens. A principal delas foi a espetáculo “Império de Amor”. Fazem parte do grupo que se apresentou 550 crianças e adolescentes do Centro Educacional Santo Antônio (CESA), núcleo de educação das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), além de idosos. Antes de celebrar a “missa santa”, dom Murilo Krieger declarou a jornalistas que o espetáculo lhe tocou por demonstrar a obra que Irmã Dulce deixou é viva.

 

 

 

O bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) disse ser uma alegria estar em Salvador e participar da celebração brasileira em ação de Graças pela canonização de Santa Dulce dos Pobres. “Hoje é festa na Bahia, no Brasil, no mundo inteiro e no céu. Para dom Joel, Santa Dulce dos Pobres marcou a vida praticando a solidariedade num mundo no qual a indiferença está globalizada, segundo o Papa Francisco”, disse.

 

O governador Rui Costa participou da celebração, acompanhado da primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Aline Peixoto, e de José Maurício Moreira e Cláudia Araújo, que receberam a graça da cura, reconhecida pelo Vaticano. Para Rui, Santa Dulce dos Pobres está acima das religiões pela generosidade, história e cuidado com o próximo.

 

 

Candeias

A cidade de Candeias se encheu de amor e fé na tarde deste sábado (19), com a celebração da canonização de Irmã Dulce. A data marcou também a entrega da nova praça que leva o nome de Santa Dulce dos Pobres, em homenagem à primeira Santa brasileira. O local recebeu uma nova estátua esculpida em bronze. O dia festivo iniciou com o show do Ministério Apologético. Com o repertório carregado de canções que louvam e adoram o Senhor, a banda fez uma pequena pregação, ressaltando a vida religiosa de Santa Dulce dos Pobres. Saiba mais aqui

 

 

Adaptado de: CNBB.

 

Fotos: CNBB (Divulgação). 

Mais nesta categoria:

Artigos

Ver todos os artigos
© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br