Notícias

06 Julho 2018

6 Freis professarão os Votos Solenes amanhã, 07, na Cripta do Santuário São Francisco de Assis

Escrito por  OFMConv-Notícias

 

Amanhã, 07, será celebrada, às 10h, na Cripta do Santuário São Francisco de Assis, em Brasília, a Santa Missa na qual irão professar os votos solenes os seguintes frades: Geraldo Leite da Silva Junior, Wagner da Silva Faustino, Beneval Soares Bomfim, Paulo Arante Rodrigues, Marcus Orlando Figueredo Pinto e Maykon Anderson de Oliveira Silva. Veja mais informações e confirme presença no evento no Facebook clicando aqui

A Profissão Solene representa a confirmação de um pedido feito por um cristão à Igreja para que ele possa viver a radicalidade do sacramento do Batismo. Essa radicalidade está em dedicar todos os âmbitos de sua vida e existência humana em prol da construção do Reino de Deus. Tal disposição vital é chamada de “seguimento de Jesus Cristo” e nasce da própria experiência com Cristo e que pode acontecer de diversas maneiras, mas sempre dentro de uma comunidade cristã, principalmente, no serviço pastoral realizado em uma paróquia.

Essa profissão é feita dentro de um Instituto de Vida Consagrada e expressará os carismas presentes nele. Sobre o chamado de ingresso a um determinado instituto, o Frei Geraldo Leite conta, “em meu caso, o Espírito Santo me conduziu à vida franciscana dentro da Ordem dos Frades Menores Conventuais (OFMConv), na qual me identifico plenamente. Como franciscano, faço a opção pelo seguimento de Jesus Cristo ao modo de São Francisco de Assis”, explica ele.

 

Votos

Para ser membro de um Instituto de Vida Consagrada, faz-se necessário o vínculo dos votos que são professados publicamente. Aos frades menores conventuais, os votos professados são os de obediência, pobreza e castidade, conforme os conselhos evangélicos. A Profissão Solene são os votos perpétuos feitos pelo frade, sendo a quinta profissão de sua vida religiosa.

A formação inicial dentro da Província São Maximiliano Kolbe soma oito anos: 1 ano de postulantado; 3 ou 4 anos de pré-noviciado (estudo de Filosofia); 1 ano de noviciado e 4 anos de juniorato (estudo da Teologia). Durante esse período, professa-se os votos de obediência, pobreza e castidade pela primeira vez após o noviciado, ou seja, após 4 ou 5 anos de vivência religiosa. Esses votos são renovados por mais 3 vezes e são denominados como Profissão Simples. No quarto ano de Teologia, professa-se, de modo perpétuo, os Votos Solenes.

Em preparação para a Profissão Solene, os freis participaram de um Retiro em Águas Lindas (GO).

 

Importância para a vida religiosa

A Profissão Solene representa o ponto de partida da continuidade de toda a formação que fora realizada durante os 8 anos iniciais. É o momento em que o frei diz “sim” à sua realização vocacional que deve ser perpetuada no serviço ao Povo de Deus, que é a Igreja. Ela implica a maturidade quanto ao compromisso assumido com a Igreja mediante o Instituto Religioso e o amadurecimento na vida evangélica.

Para o Frei Geraldo Leite, esta celebração representa alegria e gratidão, “são estas as duas palavras que expressam este novo passo da caminhada”, disse ele. E, para melhor explicar o seu sentimento, ele menciona a frase inicial da Regra de vida deixada por São Francisco de Assis, que é a fonte de onde emanam as águas dessa alegria e gratidão, “A regra e a vida dos frades menores é esta: observar o santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, vivendo em obediência, sem nada de próprio e em castidade” (RB 1).

O Frei José Nasareno foi o pregador do Retiro Preparatório do qual os frades participaram e falou conosco sobre a importância que a Profissão Solene tem para o frei professante. Confira no vídeo abaixo: 

 

Mídia

Imagens, reportagem e edição: Mateus Lincoln.
Mais nesta categoria:

Artigos

Ver todos os artigos
© 2018 Ordem dos Frades Menores. Todos os direitos reservados

 
Fale conosco
curia@franciscano.org.br